Prova de vida volta apenas em 2021: Como ficam os pagamentos dos benefícios INSS?

Vale destacar que a comprovação de vida está suspensa somente para quem deveria ter realizado o procedimento a partir de março.

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março e dezembro desse ano, não vão ter seus benefícios bloqueados, isso porque o governo prorrogou a interrupção do bloqueio de pagamentos de aposentarias e pensões até o fim de janeiro de 2021.

Assim, a cobrança da prova de vida deve voltar somente no ano que vem, sem nenhuma suspensão ou interrupção dos créditos de benefícios previdenciários por falta de comprovação de vida. Isso vale tanto para quem mora no Brasil como para residentes no exterior.

Portaria 1.186 que determina a prorrogação foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira, 30. Vale destacar que a prova de vida está suspensa somente para quem deveria ter realizado o procedimento a partir de março.

Aqueles beneficiários que já estavam em falta com o cadastramento anual antes de fevereiro devem regularizar a situação. Quem não faz a prova de vida tem os pagamentos suspensos, e se não houver reativação, o segurado tem seu benefício cancelado.

VEJA MAIS DETALHES CLICANDO AQUI OU NA IMAGEM